Imprensa

  Mais notícias:

Pedras viram obras de arte em exposição em feira


Transformar materiais brutos, como granitos, mármores e quartzitos, em peças de exposição e obras de arte. Esse foi o resultado da segunda edição da exposição Brazilian Stones Original Design, promovida pela Associação Brasileira da Indústria de Rochas Ornamentais (Abirochas) em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), que é realizada dentro da Vitoria Stone Fair | Marmomac Latin America, e vai até sexta (15), no Parque de Exposições de Carapina.

No espaço, de mais de 250 metros quadrados, a mostra reúne de mesas, bancos e fruteiras, criados por 16 designers renomados no país, até obras de artistas consagrados. Da exposição essas peças serão expostas em outros países ou chegam para a venda em lojas conceituadas de decoração.

“O design e a arte são as melhores formas de agregar valor ao setor de rochas e apresentar toda a leveza e versatilidade que uma pedra pode adquirir”, destaca Vivian Coser, arquiteta e curadora da Brazilian Stones Original Design.


Atualmente, o Espírito Santo é o maior exportador de chapas e blocos de mármore e granito do país, correspondendo por mais de 80% da produção brasileira. A intenção da exposição, segundo Vivian, é mostrar que é possível transformar os materiais em peças de designers e obras de artes, trazendo mais valor e atraindo novos mercados exportadores.

 

Terceira onda de exportação

Na abertura da exposição Brazilian Stones Original Design, o presidente da Abirochas, Reinaldo Dantas Sampaio, reforçou que o setor passa por uma terceira onda nas exportações: "Primeiro foram os blocos, depois as chapas serradas e polidas – colocando o Brasil como o quarto player mundial – e agora queremos conquistar o mercado de produto final, a obra, o projeto, agregando valor e sofisticação”, explicou.

Ele destacou que essa aproximação do setor da rocha com a arte traz uma nova abordagem de originalidade, beleza e autenticidade. “A pedra é autêntica e observo os materiais que tentam imitá-la inutilmente, em uma busca de ganhar uma autenticidade que só a pedra tem”.

Sampaio disse ainda que a maturidade do empresário brasileiro e qualidade tecnológica da indústria deixam claro que o segmento está pronto para mais essa nova conquista de mercado, exemplificando com as ações desenvolvidas pela Abirochas dentro da Vitoria Stone Fair, como a aproximação de arquitetos internacionais com industriais brasileiros.





Cachoeiro Stone Fair
Stone Industry